Ministério da Saúde - 2017

Vacinação HPV

Entre as várias ações da campanha, com uma inserção inédita no campeonato de CBLOL, batemos todos os recordes de ações já realizadas no polo político da capital brasileira.

CONTEXTO

Historicamente, o Ministério da Saúde sempre teve dificuldade em se comunicar com jovens de 9 a 14 anos devido ao tom das campanhas do governo. Como diminuir essa barreira de forma orgânica e iniciar um diálogo sobre a vacinação contra o HPV e a Meningite C?

IDEIA

Escolhemos a final do Campeonato Brasileiro de League of Legends, onde o volume de conversas chegam a mais de 40 mil tweets em uma única partida, e inserimos o Ministério da Saúde na conversa, questionando e interagindo com os adolescentes sobre o jogo, enquanto conscientizávamos sobre a importância de se vacinar. A participação do Ministério na conversa sobre o game logo gerou o estranhamento dos jovens, ganhando a simpatia e a conquista de mais de 9 mil novos seguidores.

8 horas

de transmissão

TREND

TOPICS

+500%

de menções

+9 mil

SEGUIDORES do
nosso target
engajamento

400%

acima da média

CONTEXTO

Historicamente, o Ministério da Saúde sempre teve dificuldade em se comunicar com jovens de 9 a 14 anos devido ao tom das camapanhas do governo. Para diminuir essa barreira, precisávamos entrar no universo dessa geração. Por isso escolhemos as webséries com temática de games.

IDEIA

Para os jovens, as webséries já tomaram o lugar dos tradicionais canais de televisão. Por isso, convidamos o youtuber Fê Batista para ser o influenciador da nossa campanha. Seu canal tem mais de 2 milhões de inscritos e é famoso por conter dicas, tutoriais e vídeos feitos por ele utilizando a temática de Minecraft: um dos jogos mais famosos e jogados pelo público da nossa campanha.

MECÂNICA

Foram terríveis vírus do HPV e da Meningite C, abordando conteúdos educativos acerca da campanha de vacinação, sempre com o tom leve e descontraído.

413 mil

visualizações

12 mil

Curtidas

+700 mil

jovens impactados

11 mil

comentários positivos

CONTEXTO

Historicamente, o Ministério da Saúde sempre teve dificuldade em se comunicar com jovens de 9 a 14 anos devido ao tom das campanhas do governo. Para diminuir essa barreira, precisávamos entrar no universo dessa geração. Por isso, escolhemos os games.

IDEIA

Criamos um filme usando a temática de games e adaptamos para um jogo de smartphone chamado Detona Vírus: uma continuação da história do comercial onde o público podia baixar, interagir e ajudar os nossos heróis a combaterem os vírus tomando a vacina. Enquanto se divertiam, os jovens recebiam informações sobre as doenças, além de aprenderem sobre a importância da vacinação durante a adolescência.

13.372

downloads

+200 mil

jovens impactados

Mais Cases

CASE ANTERIOR
PRÓXIMO CASE